Quinta-feira, 01 de Outubro de 2015

Vá votar

Em democracia, o voto é a voz do povo. É importante que, em cada eleição, esteja disponível para fazer escolhas, mas tratando-se de um momento de particular exigência como o que vivemos, ir votar torna-se impreterível.

 

A desculpa de que as pessoas estão fartas, decepcionadas ou desencantadas com a política e com os políticos não serve para fugir às responsabilidades. Estas eleições acontecem num tempo especialmente difícil, onde nos foram pedidos muitos sacrifícios como forma de salvar o país da falência em que se encontrava. Por isso, é importante que cada um manifeste, pelo voto, quem considera estar em melhores condições para dar seguimento a este período de recuperação.

 

Por muita desilusão que sinta, lembre-se que, na democracia, o momento do voto é o mais nobre de todos os momentos. Pode até estar descontente com os partidos, mas não há democracia sem partidos. Se quer melhorar o funcionamento da democracia e dos partidos, participe na vida partidária, nunca se esquecendo de votar. Recorde-se sempre que a alternativa à democracia são as ditaduras e o totalitarismo, de todo indesejáveis.

 

Abster-se é demitir-se dos seus direitos, é criticar sem contribuir para a solução.

 

Como disse um dia o ex-primeiro-ministro britânico, Winston Churchill, "a democracia é o pior de todos os sistemas à excepção de todos os outros".

alinhado por fcrocha às 10:09

Comentar:

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



mais sobre mim

Outubro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisar

 

comentários recentes

  • “Quando os homens já não acreditam em Deus, isso n...
  • Concordo, mas o grave mesmo é que grande parte das...
  • É um bolo tradicional de Penafiel. É muito bom!
  • Não conhecia tais bolinhos!
  • Isso já era um pouco mais à frente. Naquela altura...

subscrever feeds