Terça-feira, 14 de Outubro de 2014

Triste espectáculo

Já não suporto ver a abertura dos telejornais com os ecrãs atrás do pivot inundados de imagens de uma chuva mais intensa em Lisboa.

 

Chega de repórter de galochas e microfone na mão como se estivesse no meio de um dilúvio.

 

Chega de competir pela peça jornalística com mais ranger de dentes, baba, ranho e lagostins resgatados na zona do Lumiar. Sim, lagostins. Uma das televisões passou uma peça sobre um crustáceo que apareceu no meio de um alagamento.

 

Isto não é informação, isto não é jornalismo, isto não é, sobretudo, socialmente responsável.

 

Informar não é sinónimo de impressionar. Programação informativa não é programação de entretenimento. É assim tão difícil perceber isto, caramba!?

alinhado por fcrocha às 16:23

mais sobre mim

Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
16
17
18
19
21
24
25
26
27
28
29
31

pesquisar

 

comentários recentes

  • “Quando os homens já não acreditam em Deus, isso n...
  • Concordo, mas o grave mesmo é que grande parte das...
  • É um bolo tradicional de Penafiel. É muito bom!
  • Não conhecia tais bolinhos!
  • Isso já era um pouco mais à frente. Naquela altura...