Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

alinhamentos

alinhamentos

Ter | 06.11.18

Fogo de vista

fcrocha

Por estes dias, o Governo anunciou a diminuição do valor das propinas para os estudantes das universidades públicas. Aparentemente, a medida pode até parecer socialmente benéfica, mas, na verdade, não passa de uma medida iníqua e com um resultado quase nulo para as famílias carenciadas.

Um estudante de uma universidade pública paga, em média, cerca de 88 euros por mês em propinas. A redução deste valor em alguns euros não é significativa para a globalidade dos estudantes, mas fará muita falta aos cofres das universidades públicas que passam por um grande aperto financeiro.

No entanto, ao reduzir este valor para todos os estudantes, independentemente da sua condição económica, o Governo está a beneficiar as famílias menos necessitadas.

Se o Governo entende que tem margem orçamental para baixar o valor das propinas, então deverá aplicar esse dinheiro de forma a socorrer os estudantes com maiores dificuldades económicas. Neste momento, as maiores necessidades são mais bolsas de estudo e mais residências universitárias com preços controlados pela universidade.

Hoje, um estudante que não tenha a felicidade de ficar colocado numa universidade perto de casa, paga mensalmente 88 euros de propinas e cinco vezes mais por um quarto para dormir e estudar. Creio que é urgente corrigir esta situação.

1 comentário

Comentar post