Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

alinhamentos

alinhamentos

Qui | 20.09.12

Janela de oportunidade

fcrocha

A inauguração do “Art on Chairs” no concelho de Paredes é, provavelmente, o maior evento mundial de arte e “design” centrado numa peça de mobiliário, neste caso, na cadeira. A autarquia espera que este evento possa potencializar as exportações de mobiliário do concelho de Paredes, mas isso só será possível se existir um casamento entre estes eventos e os empresários de mobiliário. À excepção da marca Antarte, não me parece que os empresários locais tenham percebido bem a janela de oportunidade que se abre com esta exposição.

 

A grande maioria das quase 800 empresas deste concelho não tem uma marca forte, mas esta exposição permite que cada uma delas se associe, sem custos, a duas marcas que terão uma projecção internacional: o “Art on Chairs” e Paredes. Estas duas marcas poderão servir de meio de diferenciação relativamente ao mobiliário de outras regiões. Mas isto só acontece se cada uma delas souber comunicar com os potenciais clientes. E comunicar é investir em publicidade junto dos clientes internacionais para formar uma imagem da empresa ligada à marca. Isto criará associações favoráveis, influenciará as atitudes e o comportamento de compra. O mercado ignora sempre os produtos que não são comunicados. Na hora de comprar mobiliário, a maioria das pessoas não terá em conta a qualidade intrínseca do mobiliário, mas sim o prestígio que lhe confere. Se tivermos em conta as personalidades que se associaram a este evento, rapidamente perceberemos que isto confere prestígio ao mobiliário de Paredes.

 

Assim, dei comigo a pensar no que é que eu faria se tivesse uma empresa de mobiliário com sede no concelho de Paredes. Por certo que convidaria os meus melhores clientes a visitar as exposições que estão patentes na cidade. Se tivesse possibilidades económicas, tentaria que a exposição fosse até às principais cidades europeias, junto dos meus clientes. Se tivesse menos recursos, optaria por contratar um bom fotógrafo, fazer um catálogo com todas as cadeiras expostas e enviava-o a cada um dos clientes, dando-lhes conta do que de melhor se faz nesta região. Há uma coisa que não deixaria de fazer, com toda a certeza, que era aproveitar o facto de figuras públicas como José Mourinho, Cristiano Ronaldo, Eduardo Souto de Moura, Luciano Benetton, Manoel de Oliveira, Maria Bethânia, Mia Couto, Mariza e Ramos Horta terem apoiado este evento para os associar ao melhor “design” de mobiliário e criar valor na minha marca pelo simples facto de estar sediada em Paredes.

 

Numa altura de crise, o “Art on Chairs” pode ser uma oportunidade única para os empresários locais. Mas, para isso, não basta ficar à espera dos resultados: é preciso comunicar bem.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.