Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alinhamentos

alinhamentos

Ter | 17.01.12

Déjá Vu

fcrocha

A 20 de Setembro de 1935, António de Oliveira Salazar disse que “talvez seja mais clara agora a muitos olhos a política do Governo: quando se insiste em que as finanças equilibradas chegam a ser condição de independência e integridade pátria […] não se faz literatura política: defendem-se pela melhor maneira possível os mais altos interesses de Portugal”. Este texto foi escrito há 76 anos e podia muito bem ser subscrito pelo actual Primeiro-Ministro. Eu concordo que umas finanças equilibradas sejam importantes para o desenvolvimento do país, mas uma obsessão pelas contas públicas, com cortes cegos, pode produzir o mesmo efeito que produziram no tempo Estado Novo. Nem tanto à terra, nem tanto ao mar.