Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alinhamentos

alinhamentos

Seg | 16.01.12

Casa de ferreiro…

fcrocha

No momento em que o Governo exige sacrifícios aos portugueses, em que a maioria da população sente uma profunda insegurança pelo desemprego, pela crise económica, pelo estado da economia internacional, pela protecção das reformas e das poupanças, o Governo não pode, nem deve, dar sinais que afectem a credibilidade de quem nos governa.


O que os portugueses precisam e querem neste momento é um Governo com espírito construtivo, que tenha a ética como pilar de todas as decisões e que seja austero consigo próprio. Só assim, é possível devolver à sociedade a confiança nos políticos.


O PSD e o CDS passaram dez anos a denunciar – e bem – situações de clientelismo, nomeações políticas de amigos e favorecimentos. No entanto, as recentes nomeações para os conselhos de administração da Caixa Geral de Depósitos, EDP e da Águas de Portugal revelam que a bitola continua a mesma do Governo socialista. Esperava que o Governo tivesse percebido que o país necessita de ser governado com realismo e com transparência na actuação dos responsáveis públicos. É pena que os deputados da maioria, que no passado denunciaram muitos destes casos, fiquem agora apenas a bater palmas, só porque foi isso que lhes foi pedido pelos governantes.