Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

alinhamentos

alinhamentos

Sex | 02.12.11

Preocupante

fcrocha

A Misericórdia de Paredes vive dias tumultuosos. No passado sábado, a mesa da direcção viu rejeitada a sua proposta para tentar salvar o Hospital da Misericórdia de Paredes, abrindo um conflito que, provavelmente, levará à demissão do provedor e dos mesários. Ora, esta crise só acontece porque durante anos a fio houve um descuido na admissão dos "irmãos" da Misericórdia. Neste momento, a assembleia é constituída por algumas pessoas que não têm o espírito cristão da caridade, do amor ao próximo, impregnado da profunda espiritualidade evangélica que informavam os princípios da Irmandade. Por isso, está aberto o caminho para que o próximo provedor seja um não-católico.

 

Hoje, como há quinhentos anos, as Misericórdias têm um importantíssimo papel social a desempenhar que só terá resultado se as suas direcções não perderem de vista os modelos de caridade propostos pela Igreja, perita em humanidade. Esse espírito cristão da caridade só é possível se os mesários o viverem.

 


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.