Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

alinhamentos

alinhamentos

Qui | 11.08.11

Inglaterra: quem está no lado certo e no lado errado?

fcrocha

Há aproximadamente um ano, David Cameron afirmou que no Reino Unido existiam famílias que há duas gerações que não sabiam o que era trabalhar. Eram pessoas que recebiam subsídios estatais que passavam de pais para filhos. Estas pessoas haviam perdido o hábito de trabalhar.
 
Ora, com o agravar da crise mundial, muitos destas famílias perderam parte dos subsídios que os sustentava sem terem que trabalhar. A morte do jovem pela polícia não foi o rastilho para uma manifestação dos jovens, foi a desculpa que estes encontraram para poderem roubar o que bem lhes apetecia.
 
Que não haja confusão: não estamos perante uma luta de jovens, estamos perante motins criminosos que merecem uma resposta à altura. Jovens de 14, 15 ou 16 anos que têm consciência para partir montras de lojas e roubar tudo o que está lá dentro, têm que ser presos e julgados. O Reino Unido é um estado de direito e estes crimes têm que ser tratados em sede própria.
 
Estes miúdos não andam a roubar fruta para comer. Praticam actos de pura selvajaria para roubarem plasmas, telemóveis, incendiarem casas, carros e estabelecimentos comerciais.
 
Custa-me ouvir os comentários de alguns opinadores que tentam encontrar desculpas sociológicas para explicar este vandalismo. Não pode haver inequívocos sobre quem está do lado certo e do lado errado. No lado certo estão a polícia e os comerciantes, muitos deles imigrantes, que viram o trabalho de uma vida inteira ser destruídos por um bando de selvagens.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.