Sexta-feira, 08 de Abril de 2011

Editorial de 08 de Abril de 2011.

Os espanhóis contam uma anedota engraçada. Num exame de química, uma das perguntas era sobre qual a diferença entre uma solução e uma dissolução. Um aluno respondeu: “Se metemos dois políticos num tanque de ácido, dissolvem-se. Isto é uma dissolução. Mas se os metemos a todos, isso é uma solução”.

 

Vem isto a propósito do que se passou esta semana no nosso país. Provavelmente, todos lembrar-se-ão da célebre frase do primeiro-ministro para justificar a crise e o aumento de imposto: o mundo mudou em quinze dias. Pois se o mundo havia mudado em duas semanas, desta vez a situação económica do país mudou em menos de 48 horas. Na passada segunda-feira, em entrevista à RTP, José Sócrates garantiu e voltou a insistir que não pediria ajuda financeira internacional, no mesmo dia em que os juros da dívida pública aproximavam-se perigosamente dos dez por cento. Na quarta-feira, o primeiro-ministro fez uma declaração ao país a informar que já havia pedido ajuda financeira à União Europeia. Mas se Portugal não consegue pagar a quem deve e não produz sequer o suficiente para o seu próprio sustento, o que fazer? Porque é que se adiou tanto tempo o inevitável?

 

Aquando da demissão do Governo, o Wall Street Journal escrevia que Portugal “necessita de reformas, não de austeridade”. De facto, sem reformas, sem mudanças nos hábitos consumistas do Estado, não há plano de austeridade que funcione. Antes de pôr o país a pão e água é necessário tratar de encontrar políticas que promovam a produção nacional.

 

Insistir em planos de austeridade assentes em cortes e mais impostos que apenas atingem os contribuintes, não mudando os hábitos consumistas do Estado, é o mesmo que fazer curas de emagrecimento de Verão. Tomam-se uns comprimidos que não deixam o corpo absorver a gordura e, no dia em que pararmos de tomar os comprimidos, vamos voltar a engordar como as vacas holandesas.

alinhado por fcrocha às 12:48
tags:

mais sobre mim

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
30

pesquisar

 

comentários recentes

  • Se não constava de nenhum programa eleitoral o par...
  • “Quando os homens já não acreditam em Deus, isso n...
  • Concordo, mas o grave mesmo é que grande parte das...
  • É um bolo tradicional de Penafiel. É muito bom!
  • Não conhecia tais bolinhos!