Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

alinhamentos

alinhamentos

Ter | 07.01.14

A informação cada vez mais superficial e menos rigorosa

fcrocha

 

 

Nos Cadernos de Pickwick, Charles Dickens conta uma velha história sobre um fidalgo irlandês que, quando lhe perguntaram se sabia tocar rabeca, respondeu que estava convencido de que sim, mas não tinha bem a certeza porque nunca tinha experimentado.

 

Vem isto a propósito do cada vez maior número de jornalistas polivalentes: pessoas que sabem muito pouco sobre tudo. É impressionante o número de jornalistas que falam sobre Direito ou de macroeconomia sem fazerem a mínima ideia do que dizem, ou melhor, dizendo coisas escandalosamente erradas. Muitas das vezes, toda a notícia assenta no que um ou outro político vai dizendo à sua medida.

 

Na verdade, a Comunicação Social tem pouco dinheiro, o que torna quase impossível contratar jornalistas especializados. Por outro lado, como paga pouco, os jornalistas não conseguem especializar-se em assunto algum.

 

Resultado: temos cada vez mais jornalistas que falam de tudo em geral, sem saberem de nada em concreto. Tudo isto está a conduzir-nos a uma informação cada vez mais superficial e pouco rigorosa.