Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

Só falta fazer um desenho

Está aberta a época. Não a futebolística, embora esta também se faça de equipas, jogos e rasteiras, mas a das eleições autárquicas.

O pontapé de saída foi dado, em Paredes, por Rui Moutinho. Perguntará o leitor: por quem? Por Rui Moutinho. Pode parecer um ilustre desconhecido, mas já perceberá que o assunto tem mais importância do que parece.

Rui Moutinho é o actual Director Financeiro do município e ontem apresentou a sua candidatura à presidência da Câmara Municipal de Paredes, sem o logótipo de qualquer partido, o que, à partida, poderia aparentar uma candidatura independente. Mas não é.

A sala onde decorreu a apresentação da sua candidatura estava repleta de figuras públicas, todas ligadas ao PSD local. Para além de Celso Ferreira, o actual presidente da autarquia, estava o vereador Manuel Fernando Rocha, o líder da bancada do PSD na Assembleia Municipal, José Manuel Outeiro, a maioria dos elementos da Comissão Política Concelhia do PSD e, não menos relevante, 12 dos 13 presidentes de Junta de Freguesia eleitos por aquele partido, para além de outras figuras relevantes na vida do partido, como Maria João Fonseca, Filipe Silvestre Carneiro, José Mota, entre outros.

O símbolo do PSD não estava lá, mas o PSD real estava, quase na sua totalidade. Quem olhava para a composição da plateia percebia claramente que aquela era uma candidatura do PSD.

Tudo isto levanta uma questão: o que fará Pedro Mendes, o presidente da Comissão Politica Concelhia do PSD, perante tudo isto?

Antes de mais, importa salientar que o presidente de uma comissão política não tem que ser necessariamente o candidato à Câmara Municipal. Nas últimas eleições autárquicas em Paços de Ferreira, em Penafiel e em Lousada, só para referir os concelhos vizinhos, o presidente da comissão política não foi o candidato à Câmara Municipal.

Posto isto, a Pedro Mendes restam-lhe duas opções. A primeira, diria a mais inteligente, é saber interpretar o sinal que o partido lhe enviou através da maioria dos elementos da sua comissão política e de quase todos os presidentes de junta, desencadear o processo de apoio institucional ao candidato e tentar que durante o seu mandato o PSD volte a ganhar umas eleições autárquicas. Se assim for, sai reforçado no seio do partido. A segunda é, caso discorde da decisão tomada pela maioria dos seus colegas, abandonar a presidência da Comissão Política.

Há uns anos, os militantes mais influentes do CDS de Paredes decidiram que o já falecido José Manuel Oliveira seria o melhor candidato à presidência da Câmara Municipal. Na altura, Manuel Teixeira era o presidente do partido no concelho e discordava da opção. Mas, como essa era a vontade da maioria, saiu da presidência da Comissão Política, para não condicionar o processo autárquico.

Pedro Mendes pode optar por uma solução idêntica, mas isso pode deixá-lo à margem da vida partidária nos próximos anos. Pode também optar por criar obstáculos, como devolver pelouros ou dificultar a gestão do município, mas tais retaliações imaturas e pouco inteligentes não se coadunam com o perfil do vereador.

Dir-me-á o leitor: mas Rui Moutinho não é conhecido. Respondo: não era. Mas já não estamos a falar dele?...

alinhado por fcrocha às 16:39
tags: ,
Sábado, 20 de Agosto de 2016

O Governo ao serviço ...

Há umas semanas, o Ministro dos Negócios Estrangeiros, número dois do Governo, veio a Paredes inaugurar – espante-se! – ...

Quarta-feira, 06 de Julho de 2016

De “megalomania” a ca...

Na semana passada, a Carta Educativa de Paredes fez dez anos. Na altura, o documento, que previa o encerramento de vária...

alinhado por fcrocha às 19:11
Quinta-feira, 10 de Março de 2016

Adjudicar obras conto...

Em 2013, José Manuel Ribeiro prometeu, caso vencesse as eleições autárquicas, fazer uma auditoria às contas da Câmara Mu...

alinhado por fcrocha às 18:47
Segunda-feira, 01 de Fevereiro de 2016

Gente confusa

Quando um director de serviço da C. M. de Paredes remete uma “Carta Aberta”, com o logótipo do PSD, a vários dirigentes ...

alinhado por fcrocha às 10:31
tags: ,
Quarta-feira, 29 de Julho de 2015

O jogo

No país o tempo é de eleições legislativas. No entanto, em Paredes, parece que o mesmo tempo é de eleições autárquicas. ...

alinhado por fcrocha às 21:34
tags: ,
Quinta-feira, 11 de Junho de 2015

O sobe-e-desce das ci...

O sobe-e-desce das cidades. Na semana passada, analisámos os dados do estudo “Portugal City Brand Ranking”, realizado pe...

Quinta-feira, 23 de Abril de 2015

Em 2017 voltam a fala...

Em 2008, noticiámos aqui no VERDADEIRO OLHAR que a Câmara Municipal de Paredes já tinha uma solução para a comunidade ...

alinhado por fcrocha às 11:49
Quinta-feira, 09 de Abril de 2015

“Feira Franca”? Franc...

O Parque José Guilherme é o parque mais antigo do concelho de Paredes. São cerca de 10 mil metros quadrados em pleno cen...

alinhado por fcrocha às 10:14
tags:
Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2015

Editorial: Fazer muit...

Fazer muito com pouco. Os arquitectos paredenses Henrique Marques e Rui Dinis juntaram-se em 2007 e criaram a Spacewor...

alinhado por fcrocha às 10:25
Terça-feira, 23 de Dezembro de 2014

Editorial: Fava no bo...

Saiu-lhe a fava. Este final do ano parece estar a ser agitado no seio do PSD-Paredes. Há umas semanas, neste mesmo esp...

alinhado por fcrocha às 19:06
Quinta-feira, 20 de Novembro de 2014

Coincidências

Em regra, costumamos classificar como coincidência quase tudo o que de imprevisto e surpreendente nos acontece no dia-...

alinhado por fcrocha às 11:06
tags:
Sábado, 23 de Agosto de 2014

Morreu António Mendes...

Convivi mais de perto com o Dr. António Mendes Moreira em 2001. O Dr. Mendes Moreira entendia que escrever à mão era ...

alinhado por fcrocha às 14:58
Quinta-feira, 12 de Junho de 2014

O papel das empresas ...

Se há sector da sociedade que quase não sentiu a crise, foi o sector empresarial do Estado. Numa altura em que desaparec...

alinhado por fcrocha às 09:45
Quinta-feira, 22 de Maio de 2014

Vitórias perdidas

Todos sabem que as campanhas eleitorais são um poço sem fundo de demagogia, mas estas, para o Parlamento Europeu, abusar...

alinhado por fcrocha às 09:20
Quinta-feira, 15 de Maio de 2014

O custo da salvação

Perto da minha casa, há uma rotunda que está totalmente preenchida com enormes cartazes de propaganda eleitoral. Todos p...

alinhado por fcrocha às 09:59
Sexta-feira, 04 de Abril de 2014

O exemplo europeu

Esta semana, a Comissão Europeia atribuiu o Prémio RegioStars 2014, na categoria “Smart Growth – SME Innovation”, ao “Ar...

alinhado por fcrocha às 11:46
Sexta-feira, 07 de Março de 2014

Para que serve um dep...

A imprensa não tem necessariamente que dizer às pessoas como pensar, mas tem a capacidade de abordar temas sobre os...

alinhado por fcrocha às 10:47
Quinta-feira, 30 de Janeiro de 2014

Quarenta horas semana...

O assunto voltou a estar na ordem do dia. Foi notícia quando o Governo fez aprovar uma lei que pretendia que os fun...

alinhado por fcrocha às 13:14
Sexta-feira, 27 de Dezembro de 2013

2013, um ano de mudan...

Mais um ano se passou. Este que agora termina foi de grandes mudanças políticas para a nossa região. Recordemos algum...

Segunda-feira, 28 de Outubro de 2013

Diga lá outra vez

Rui Silva, o cabeça-de-lista do CDS-PP de Paredes à Assembleia Municipal comentou o resultado eleitoral obtido pelo PSD ...

alinhado por fcrocha às 16:01
tags:
Terça-feira, 01 de Outubro de 2013

Falar com verdade

Ontem, o Partido Socialista de Paredes emitiu uma nota de imprensa onde acusava o PSD de ter “roubado” 180 votos aos soc...

alinhado por fcrocha às 10:16
tags:
Segunda-feira, 11 de Março de 2013

Sem regras

Ao ver uma fotografia em que Luciano Gomes, chefe de gabinete do social-democrata Celso Ferreira, aparece sentado nas pr...

alinhado por fcrocha às 17:21
tags: ,
Quinta-feira, 07 de Março de 2013

Não há duas sem três

Em menos de quatro meses o PS-Paredes trocou de candidato três vezes. A primeira escolha, que não chegou a ser ratificad...

alinhado por fcrocha às 17:28
tags:
Quarta-feira, 06 de Março de 2013

Não há duas sem três

Elias Barros desistiu da corrida eleitoral e abandonou a candidatura pelo PS-Paredes. O senhor que se segue é Alexandre ...

alinhado por fcrocha às 20:18
tags:
Sexta-feira, 08 de Fevereiro de 2013

Há somas que reduzem

Na política, nem sempre 1+1 é igual a 2. Às vezes, as somas geram resultados negativos. Vem isto a propósito da intenção...

alinhado por fcrocha às 08:16
Domingo, 25 de Novembro de 2012

Tontarias

Raquel Moreira da Silva deu uma entrevista confrangedora da sua cabotina decrepitude política. A vereadora paredense que...

alinhado por fcrocha às 17:53
tags:
Quarta-feira, 21 de Novembro de 2012

E ninguém reparou nis...

Eu percebo que a qualidade de vida urbana seja uma preocupação dos autarcas e, talvez por isso, se tenham feito tantas o...

alinhado por fcrocha às 18:47
tags:
Sexta-feira, 26 de Outubro de 2012

Coincidências

Fico sempre impressionado com a habilidade que o PSD de Paredes tem para fazer oposição a si próprio. É assim há bastant...

alinhado por fcrocha às 18:04
tags:
Quinta-feira, 04 de Outubro de 2012

Ser agradecido.

Já há alguns dias que o cartaz que se vê nesta foto está colocado na fachada do antigo pavilhão gimnodesportivo de Pared...

alinhado por fcrocha às 10:52
tags:
Quinta-feira, 20 de Setembro de 2012

Janela de oportunidade

A inauguração do “Art on Chairs” no concelho de Paredes é, provavelmente, o maior evento mundial de arte e “design” cent...

alinhado por fcrocha às 09:48

mais sobre mim

Dezembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
24
26
27
28
29
30
31

pesquisar

 

comentários recentes

  • Concordo plenamente com as criticas aqui apresenta...
  • Já não erraram tudo!
  • Aconselho a leitura deste texto.https://www.facebo...
  • Devo dizer que concordo com o artigo, excepto a qu...
  • Pense apenas em duas coisas: 1ª todos falam da TAP...

mais comentados

subscrever feeds