Quinta-feira, 05 de Junho de 2014

Actualidade e lucidez

Para marcar a apresentação do livro “Estórias com História”, convidei o Duque de Bragança para uma tertúlia no auditório do Museu Municipal de Penafiel. Confesso que quando me sentei na cadeira para lhe lançar a primeira questão, estava preparado para respostas saudosas de um tempo distante e um discurso ultrapassado. Enganei-me redondamente: na minha frente estava um homem culto, com um sorriso sincero, com um sentido de humor contagiante e com um discurso de quem domina todos os temas da actualidade. 

 

Conduzi a tertúlia ao sabor da minha curiosidade: queria saber como era ser “rei” numa república; se se sentia especial por ser pretendente ao trono (até porque tinha feito a viagem de Sintra a Penafiel de comboio); o que pensava dos problemas que o país enfrenta e que solução propunha. Todas as perguntas tiveram uma resposta de um bom senso desarmante e uma grande clareza. A cada resposta às minhas questões fui descobrindo que naquele homem existiam duas preocupações constantes: a Pátria e o seu Povo.

 

Por momentos, senti-me desconfortável. Tinha tantas ideias fixas sobre a monarquia e sobre a república e, de repente, aquele discurso sereno, lúcido e que fazia sentido ia contra tudo o que eu tinha pré-concebido, desmontando todas as minhas certezas.

 

Os lugares do auditório onde decorreu a tertúlia não foram suficientes para todos, mas até as dezenas de pessoas que ficaram a assistir em pé não se desmobilizaram, ficando agarradas pelas palavras de Dom Duarte de Bragança. No fim, quase todos ficaram para cumprimentar, conversar ou tirar uma fotografia com o Duque de Bragança. Sentia-se que quase todos estavam rendidos ao seu discurso e, tal como eu, surpreendidos pela sua actualidade e lucidez.

 

 

Sobe

A D Valongo

 

A equipa da Associação Desportiva de Valongo venceu o FC Porto na última jornada e, pela primeira vez em 60 anos, sagrou-se campeã nacional de hóquei em patins. Com um pavilhão vestido de verde, onde não cabia mais ninguém, a equipa de Valongo quebrou a hegemonia do Benfica e do Porto. Importa realçar que, esta época, a equipa da AD Valongo é campeã distrital em todos os restantes escalões.

 

Desce

Mário Magalhães

 

 

Perante a notícia que dava conta de que o deputado Mário Magalhães estava a ser acusado de não pagar material de propaganda política, o deputado reagiu dizendo que o VERDADEIRO OLHAR tinha posto em causa o seu bom-nome, que a notícia só podia ter sido preparada por alguém que caracterizou do seguinte modo: “Quem, movido por interesses pessoais, possa inventar um enredo novelesco onde só na ficção o meu nome pode entrar”. A notícia referia-se apenas aos factos que constam nos autos: a acusação e a contestação. Ora, um dia depois da publicação da notícia do VERDADEIRO OLHAR, o advogado da empresa que reclamava a dívida foi contactado pelo advogado que representa o deputado e foi feito um acordo para terminar o processo judicial. Não me interessando apurar de que lado estava a razão, registo apenas os factos: é verdade que o processo judicial existiu; é verdade que o processo chegou ao fim por acordo; é verdade que a empresa recebeu o dinheiro. Fim da história.

alinhado por fcrocha às 09:35
Terça-feira, 11 de Fevereiro de 2014

CASA ONDE NÃO HÁ PÃO ...

O relatório IEVA define as 30 prioridades de investimento em infra-estruturas a nível nacional. Assim que foi conhecido,...

alinhado por fcrocha às 10:35

mais sobre mim

Dezembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
24
26
27
28
29
30
31

pesquisar

 

comentários recentes

  • Concordo plenamente com as criticas aqui apresenta...
  • Já não erraram tudo!
  • Aconselho a leitura deste texto.https://www.facebo...
  • Devo dizer que concordo com o artigo, excepto a qu...
  • Pense apenas em duas coisas: 1ª todos falam da TAP...