Sábado, 25 de Julho de 2015

Pior cego é o que não quer ver

Para quem como eu vem a trabalho uma vez por mês aos Açores, nota que a cada chegada há mais turistas que no mês anterior. O Governo Regional também já percebeu isso, confirmando que há um crescimento de quase 30% desde o princípio do ano. Mas para os governantes dos Açores este desenvolvimento não tem nada que ver com a liberalização do espaço aéreo dos Açores. Nem com os voos da Easyjet e muito menos com os da Rayanair que são cada vez mais e chegam apinhados de turistas, ao contrário dos da Sata que prosseguem com a mesma regularidade e quase sempre com pouca gente. Para o Governo Regional dos Açores o aumento do turismo – espante-se! – deve-se à criação dos “centros de interpretação ambiental”. O pior cego não é o que não vê, é o que não quer ver.

alinhado por fcrocha às 10:13
tags:

mais sobre mim

Dezembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
24
26
27
28
29
30
31

pesquisar

 

comentários recentes

  • Concordo plenamente com as criticas aqui apresenta...
  • Já não erraram tudo!
  • Aconselho a leitura deste texto.https://www.facebo...
  • Devo dizer que concordo com o artigo, excepto a qu...
  • Pense apenas em duas coisas: 1ª todos falam da TAP...

subscrever feeds