Quarta-feira, 07 de Setembro de 2016

Boçalidade sem limites

nl47rdws.jpg

 Qual é o limite para o humor? Será que o limite é não ter limite?

 

O humorista João Quadros, conhecido por escrever os textos para Bruno Nogueira, usa as redes sociais para insultar tudo o que se mexa e lhe pareça que não alinha com os seus ideais de extrema-esquerda. Em regra, usa um tipo de linguagem que nos faz regressar às tabernas da Idade Média.

 

João Quadros, que gosta de pensar que é um génio, é uma espécie de Fernando Rocha, só que mal-intencionado e, ao contrário de Fernando Rocha, que apenas tenta fazer rir, tem uma agenda política bem definida, recorrendo ao vernáculo para se referir àqueles que tenta atacar, numa espécie de humor fácil para pessoas que não gostam de pensar muito.

 

Vem isto a propósito da contratação de João Quadros pela Antena 3, a rádio pública. Não lhe parece questionável que a estacão pública contrate uma personagem para fazer rir algumas pessoas chamando “vaca”, “puta” ou “bicha bêbada” a políticos, jornalistas e gestores de empresas privadas? Será que há algo de engraçado no meio desta malícia azeiteira?

 

João Quadros não tem piada, é um tosco mal-educado que a partir de agora será pago por todos os contribuintes.

alinhado por fcrocha às 14:53

mais sobre mim

Setembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
18
19
20
21
22
23
25
26
27
29
30

pesquisar

 

comentários recentes

  • Concordo plenamente com as criticas aqui apresenta...
  • Já não erraram tudo!
  • Aconselho a leitura deste texto.https://www.facebo...
  • Devo dizer que concordo com o artigo, excepto a qu...
  • Pense apenas em duas coisas: 1ª todos falam da TAP...