Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2012

É para apontar, se faz favor.

Estava a passar os olhos pelas notícias e de ontem (porque estive todo o dia fora) e descobri uma que ia passando de fininho.

 

Diz a agência Lusa que as Estradas de Portugal admitiram que a decisão de construir a A26, entre Sines e Beja, “foi um equívoco, porque não se justificava”.

 

Até aqui estava tudo muito bem, equívocos qualquer um pode ter, não fosse os senhores das Estradas de Portugal terem dado conta do “equívoco” quando já tinham estourado 35 milhões de euros em dois sublanços da tal A26 que agora não servem para nada.

 

Mais 35 milhões de euros dos nossos impostos deitados – literalmente – à estrada.

alinhado por fcrocha às 14:09
tags:

mais sobre mim

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
19
20
23
24
25
29
31

pesquisar

 

comentários recentes

  • Concordo plenamente com as criticas aqui apresenta...
  • Já não erraram tudo!
  • Aconselho a leitura deste texto.https://www.facebo...
  • Devo dizer que concordo com o artigo, excepto a qu...
  • Pense apenas em duas coisas: 1ª todos falam da TAP...