Sábado, 12 de Março de 2011

Editorial de 11 de Março de 2011.

Vencedores. A equipa de infantis do FC Cête tem o melhor registo, no seu escalão, de toda a Associação de Futebol do Porto. Em 22 jogos alcançou outras tantas vitórias, marcou 155 golos e sofreu apenas sete. Se tivermos em conta que este pequeno clube de Paredes tem apenas 126 atletas e, por isso mesmo, recebe da câmara municipal, por atleta, aproximadamente metade do que recebe o Paredes, Rebordosa e Aliados, o feito é ainda maior. Interessa esclarecer que, em Paredes, os clubes não recebem o mesmo por cada atleta, mas sim em função do número de praticantes. Ou seja, um clube com mais inscritos, recebe mais por cada atleta. Este critério faz com que clubes mais pequenos ou com modalidades menos populares que o futebol saiam prejudicados.

 

Sem computadores. O centro de saúde de Paço de Sousa está há três semanas sem sistema informático. Tudo porque s computadores avariaram com a trovoada. Enquanto ninguém repara o equipamento informático, que deve ser complicadíssimo tendo em conta o tempo que levam avariados, há mais de nove mil utentes que não conseguem marcar consultas, nem que o seu processo clínico seja analisado pelos médicos. Mais: o pessoal administrativo tem que se deslocar aos centros de saúde vizinhos para inserir na base de dados informação exigida pelo Ministério da Saúde. “Quem paga é o utente”, garante um dos médicos ouvidos pelo VERDADEIRO OLHAR. É este o país do choque tecnológico e dos Simplex’s.

 

Forais de Penafiel. Este vinho vai voltar a ser comercializado. A apresentação da colheita de 2010 foi apresentada no último sábado, num evento que foi apenas o início de uma campanha promocional para tornar este vinho um produto identificativo do concelho penafidelense e da região do Vale do Sousa. O projecto do vinho Forais de Penafiel tem também a particularidade de ter permitido a recuperação de 6,5 hectares de vinha abandonada, efectuada por dois jovens vitivinicultores que, este ano, já vão colocar no mercado entre 40 a 50 mil garrafas. O objectivo é, dentro de cinco anos, aumentar este número até às 200 mil unidades.

alinhado por fcrocha às 16:01

mais sobre mim

Março 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
16
17
19
20
24
26
27
28
29
30
31

pesquisar

 

comentários recentes

  • Concordo plenamente com as criticas aqui apresenta...
  • Já não erraram tudo!
  • Aconselho a leitura deste texto.https://www.facebo...
  • Devo dizer que concordo com o artigo, excepto a qu...
  • Pense apenas em duas coisas: 1ª todos falam da TAP...