Quarta-feira, 02 de Maio de 2012

Os donos do 1º de Maio sentiram-se ofendidos

Eles estão revoltados, indignados, ofendidos e protestam de forma inflamada contra a promoção do Pingo Doce.

 

Os donos do 1º de Maio chamam escravatura ao facto dos funcionários terem trabalhado durante o dia de ontem. Mas não dizem que esses mesmos funcionários que trabalharam no dia feriado optaram por receber mais 50 por cento pelo dia de ontem e mais um dia extra de folga. Escravatura, dizem eles.

 

Os donos do 1º de Maio estão indignados porque milhares de portugueses decidiram ir às compras e poupar metade do dinheiro que habitualmente gastam em compras. Chamam miseráveis e pobres a quem decidiu poupar.

 

 Os donos do 1º de Maio estão chateados porque uma empresa que dá trabalho a muitos milhares de portugueses, paga a tempo e horas aos seus funcionários e fornecedores decidiu lançar uma campanha de marketing que teve resultados positivos para todos: a empresa conseguiu os níveis de notoriedade que pretendia e bateu a concorrência; os funcionários ganharam um dia de folga e mais 50 por cento no vencimento; os clientes puderam poupar metade do dinheiro das compras.

 

Ontem, os donos do 1º de Maio descobriram que, afinal, já não são os donos.

alinhado por fcrocha às 09:33

mais sobre mim

Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
21
22
24
27
28
29

pesquisar

 

comentários recentes

  • Concordo plenamente com as criticas aqui apresenta...
  • Já não erraram tudo!
  • Aconselho a leitura deste texto.https://www.facebo...
  • Devo dizer que concordo com o artigo, excepto a qu...
  • Pense apenas em duas coisas: 1ª todos falam da TAP...

subscrever feeds