Segunda-feira, 30 de Dezembro de 2013

Jornalismo militante

 

Sempre que há uma greve as televisões enchem-nos de imagens de sindicalistas de bandeiras e faixas nas mãos a bradar contra este “governo de direita reaccionária”, seguido de depoimentos de Arménio Carlos a vociferar contra tudo e todos em amparo dos coitadinhos dos trabalhadores.

 

Ora, em Lisboa está a decorrer uma greve que conseguiu colocar a imagem da cidade parecida com um bairro de lata cheio de lixo. O motivo: uma greve. Mas desta vez as televisões, em vez de exporem sindicalistas, mostraram, pela primeira vez, os transtornos desta greve. Nem Arménio Carlos teve direito a berrar em directo.

 

Provavelmente, a diferença no tratamento jornalístico desta greve à recolha do lixo está no alvo dos sindicalistas. É que o alvo não é o “reaccionário governo de direita”, mas sim António Costa, um dos favoritos do jornalismo propagandista.

 

Já agora, tal como António Costa, também acredito que esta greve não tem razão de ser.

alinhado por fcrocha às 11:19

mais sobre mim

Dezembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
15
16
21
22
25
26
28

pesquisar

 

comentários recentes

  • Concordo plenamente com as criticas aqui apresenta...
  • Já não erraram tudo!
  • Aconselho a leitura deste texto.https://www.facebo...
  • Devo dizer que concordo com o artigo, excepto a qu...
  • Pense apenas em duas coisas: 1ª todos falam da TAP...