Quinta-feira, 01 de Agosto de 2013

Um tempo autêntico

Chegámos a Agosto, o que, para quase todos, é sinónimo de férias. No entanto, falar em férias em tempo de crise é lembrarmo-nos de que há muitas pessoas que estão de férias forçadas o ano todo e outras que, mesmo estando a trabalhar, não têm dinheiro para apanhar um avião e aterrar num destino tropical. Contudo, é obrigatório fazer um intervalo na rotina diária. Se não for mais, pelos filhos que têm necessidade de ficar de férias. As férias, seja de que forma forem, são necessárias ao nosso equilíbrio mental.

 

Assim, lembrei-me de alguns locais, aqui pertinho, que pode aproveitar para levar os seus filhos a conhecer durante as férias, quase sem gastar dinheiro. Aqui ficam algumas sugestões.

 

Em Galegos, no concelho de Penafiel, existe o Castro do Monte Mozinho. É o maior castro romano da Península Ibérica, fundado no século I e ocupado até ao século V. Se gostar da visita ao castro, agende outro dia para ir a Paços de Ferreira visitar a Citânia de Sanfins. É uma das mais importantes zonas arqueológicas da civilização castreja na Península Ibérica. Surgiu por volta do século I a.C. e ocupa uma área de cerca de 15 hectares. Há vestígios da ocupação do local da citânia desde o século V antes de Cristo.

 

Se gosta das visitas históricas, avance no tempo e visite cada um dos 25 monumentos da Rota do Românico no Vale do Sousa. No site da Rota do Românico (www.rotadoromanico.com) encontra todas as informações sobre os monumentos e a agenda para visitas guiadas.

 

Outro local que vale a pena visitar é o Museu de Penafiel. Foi eleito o melhor museu de Portugal em 2010. Está instalado no palacete Pereira do Lago, na Rua do Paço, um edifício recuperado pelos arquitectos Fernando Távora e Bernardo Távora. Tem cinco salas temáticas da Exposição Permanente dedicadas à Identidade, ao Território, à Arqueologia, aos Ofícios e à Terra e Água.

 

Se é adepto da natureza, pode desfrutar do parque da Senhora do Salto, em Aguiar de Sousa, no concelho de Paredes; as Minas de Castromil, no mesmo concelho; a Serra de Pias, em Valongo; a zona ribeirinha de Entre-os-Rios; ou os vários parques urbanos nos vários concelhos.

 

São apenas algumas sugestões para o tempo em que os ponteiros do relógio devem parar. Independentemente do que faça, o tempo de férias é um tempo que deve estar por nossa conta. Faça dele um tempo autêntico.

alinhado por fcrocha às 11:27
tags:

mais sobre mim

Agosto 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
15
16
18
24
25
26
27
28
29

pesquisar

 

comentários recentes

  • Concordo plenamente com as criticas aqui apresenta...
  • Já não erraram tudo!
  • Aconselho a leitura deste texto.https://www.facebo...
  • Devo dizer que concordo com o artigo, excepto a qu...
  • Pense apenas em duas coisas: 1ª todos falam da TAP...