Quinta-feira, 21 de Março de 2013

Coisas indecifráveis

Há coisas que, por mais que nos esforcemos, não se compreendem. Então, quando é na política, ainda muito mais. Há umas semanas, a manchete do nosso Jornal dava conta da intenção do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa de concessionar o parque de estacionamento do Hospital Padre Américo, em Penafiel. Na altura, os autarcas da região manifestaram-se preocupados com o facto de os utentes virem a ter que pagar pelo estacionamento quando se deslocassem ao hospital. Até hoje, André Ferreira, o líder do PS de Penafiel, não disse nada sobre o assunto.

 

Na semana passada, o Hospital de Penafiel voltou a ser o tema da primeira página do nosso Jornal. Desta vez, o hospital tinha perdido a acreditação internacional, acreditação essa que garantia uma maior qualidade no atendimento aos utentes. Sobre isto, André Ferreira nada disse.

 

No sábado, com base na notícia do VERDADEIRO OLHAR, a Antena 1 noticiou várias irregularidades cometidas pelo actual Conselho de Administração daquele hospital. Sobre este assunto, André Ferreira manteve o silêncio.

 

Na quarta-feira, o jornal “Público” dava conta de uma lista com mais de uma centena de irregularidades (contratações de pessoal, contratações de serviços a empresas, dinheiros gastos sem rigor, despesas não-justificadas, entre outras) cometidas pela administração do hospital e que tinham sido detectadas pela Inspecção-Geral das Actividades da Saúde. Também sobre isto, André Ferreira não se manifestou.

 

Entretanto, no fim-de-semana passado, um jornal nacional dava conta de que não existem médicos pneumologistas em número suficiente para esta região. Surpreendentemente, André Ferreira reagiu a esta notícia e acusou, entre outros, a Câmara Municipal de Penafiel de “pactuar com o Governo na destruição do Serviço Nacional de Saúde”.

 

O que é que eu não compreendo nisto tudo? Por que é que André Ferreira só reagiu a esta última notícia. Pode não ter reagido a nenhuma das outras notícias por não ter lido o VERDADEIRO OLHAR (em que é um dos colunistas) e o “Público” ou não ouvir a Antena 1. Também pode ter sido por entender que nenhuma das outras notícias era relevante. Ou pelo facto de esta última, a que reagiu, ser a única que não implica directamente os dois administradores e seus colegas de partido. Ou, então, não foi por nada disto, mas porque André Ferreira, à falta de melhor, se lembrou deste assunto para atacar o seu adversário político.

alinhado por fcrocha às 18:15
tags: ,

mais sobre mim

Março 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
15
16
17
18
19
20
23
24
27
29
30
31

pesquisar

 

comentários recentes

  • Concordo plenamente com as criticas aqui apresenta...
  • Já não erraram tudo!
  • Aconselho a leitura deste texto.https://www.facebo...
  • Devo dizer que concordo com o artigo, excepto a qu...
  • Pense apenas em duas coisas: 1ª todos falam da TAP...